segunda-feira, 30 de junho de 2008

O que é o tempo? Devaneio - 18 - Desenho 63 - Quente, porém frio


Este foi para o ETC & Traço, blog tematicos ao qual participo
o tema era estações do ano. esse ai é meu verão.

O que é o tempo?

O que é o tempo, vil mortal?
O tempo é uma medida imaginaria
O tempo enquanto número não é nada
É apenas uma fraca marca
Que se torna importante pelo que fizemos dela
E nada mais

O que é o tempo, tolo mortal?
O tempo é aquele que vai te mostrar seus erros
O tempo é aquele que vai cravar seus arrependimentos
Será ele que te dirá que você errou
E que o deixou passar.

Oh! Pobre mortal, não seja refém do tempo
Não tenha dó de desperdiçá-lo
Não tenha medo de perdê-lo
Não o encare como o que você é
Não foi ele que te fez, e sim você
E aqueles que o amam a sua volta

O que é o tempo, seu idiota?
Acha que ele se preocupa com você...
Acha que o tendo nas mãos vai ser mais seguro?
Não importa se são um, dois, três ou a eternidade...
Quantos anos for, acha que estará seguro!?
Nunca, o tempo não trás segurança
E sim acomodação

Fique parado!
Tenha medo!
Não, não siga em frente
Deixe o tempo passar.
Perca!!
Tenha medo de tentar!
E você vera...
Ahhh sim… Um dia verá
O tempo bater a sua porta
Trazendo em forma de insatisfação
Tudo aquilo que você teve medo de conquistar.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Distantes e Dissonantes - Devaneio 17 - Desenho 59



Técnica: Água tinta, e caneta nanquim
(gravura em metal)

Distantes e Dissonantes

É fácil se desejar
É compreensível se querer
É humano se enganar
É triste não saber...

É estranho esperar
Sem ao menos saber o que!
É constante o sonhar...
É distante o viver...
Eu...
Você...
Distantes...
Inconstantes...
Dissonantes...

Eu que aqui a imagino
E continuo do mesmo jeito a viver
Você do mesmo modo
A mercê de outros braços
De outros abraços
De outras palavras
Que não as minhas...
Que aqui sozinhas
Esperam por nascer
Esperam por você…


Desculpe-me todos que visitam o "Desenhos e Devaneios" por não ter atualizado por tanto tempo, para compensar o sumiço devido a compromissos que não me permitiram escrever e desenhar, além de mais um Devaneio, segue alguns estudos ainda não finalizados de nanquim e também a ultima ilustração que fiz para o Tntema.


Técnica: Nanquim s/ Canson


Técnica: Nanquim s/ Canson

Técnica: Caneta Nanquim, Lápis, Xilo e Photoshop
Alien estranho, Tntema.