sábado, 3 de novembro de 2007

Nossa que estranho! - Desenho 41/ Devaneio 9


Aqui vai um novo... a série da fada tem continuação, mas vai ter que esperar um pouco.
esse eu fiz com aquarela e lapis de cor e a finalização foi digital. O papel é a alma do desenho
fazer uma aquarela antigamente me deixava frustrado, ainda não tão contente sigo feliz com materiais mais decentes... hehe

em seguida mais um Devaneio

Sobre o inconcebível

Há quem um dia dirá
Que em seu caminho
Nada se cumprirá

Este alguém em constate conflito
Vai se desfazer aflito,
Quando de longe o avistar

Montado em sua glória
Vestido de vitória
Com muito para contar

Não completo, no entanto,
Pois seu coração ingrato
Não quis te acompanhar

Vagueia ele e tão triste
pois perdido existe
e não vai se encontrar

Mais para aquele que o inveja,
A tua total felicidade festeja
Querendo no fundo te apunhalar

Com asas cortadas por mentiras
Correntes mais fortes que a saudade
Vê seu amor seguir as sereias.

E há quem um dia dirá
Que é impossível infeliz estar
Pois de fora é fácil dizer
Mas só de dentro pode se perceber
O que para os outros é inconcebível...

15 comentários:

Rubens Mendes disse...

caraca mano..
desenho animal.
pego bem a expressaum facial!!
mando bem!! ^^
aquarela, lapis e um photo?/
mando bem!! flwsss

J. Sena disse...

Ficou muito bom o desenho Diogo!! Como disse o Rubens, mandou bem na expressão!!

Esse devaneio também ficou legal cara, não deixa nada a dever nem como escritor, nem como desenhista!

Parabéns pelos trabalhos

Abraço!

Sara Mello disse...

Olá Diogo!
Lindos seus desenhos, e seu blog está surpreendentemente personalizado. Gosto muito de vermelho. Parabéns!
bj

Alex Cói disse...

Gostei demais desse trabalho, rapaz..! Sinti um salto muito grande na sua produção quando vi essa pintura..!
Continue nessa linha...Ela promete coisas finas..!

Grande abraço, rapaz..!

Lua disse...

Vo faze diferente de todo mundo!!
Confia em pessoas extremamente felizes??
Adorei o desenho..
bjos

Douglas Soares disse...

Nooooooooooooosssaaaa! A cada ilustração vc melhora mais essa ai então ficou MAGAVILHOSA, muito expressiva, realmente, é sempre muito proveutoso passar aqui.
um grande abraço.

Weberson Santiago disse...

Muito bom, cara!

Diogo Nogueira disse...

olá agradeço a todos pelos comentários! é sempre bom !

abraços!

leonardo climaco disse...

Muito bom seu trabalho cara!
Abraços.

Fernando Raposo disse...

Oi Diogo, ví o seu comment lá no TNT e vim dar uma olhada no seu blog. Nossa, gostei muito de seu trabalho, bem surreal. Muitas cores e experiências artísticas. Dá uma passada no meu blog qualquer dia desses, beleza?

Abração!!!

Toma disse...

Tudo certo, Diogo?
Pelo que estou vendo no blog...Tá tudo muito bem, né?
Esta ilustra ficou demais, gostei muito do resulatado que conseguiu com as texturas!
Continua aê!
Grande abraço! Mais sucesso!

Carol disse...

Muito legal seu estilo e sua versatilidade. É provável que se de muito bem em ilustração editorial. Continue produzindo e muito obrigada por adicionar meu link.

Beijos.

Saulo de Brito (Griffin) disse...

Seus desenhos trazem toda uma ambientalização própria de um autêntico devaneio, chego a me questionar: “ele desenha enquanto sonha?”. As cores e os recursos usados caracterizam os desenhos como representações de conteúdo místico!

As palavras tornam-se imprescindíveis para complementar as imagens!

Adorei o Bill e Ted!

Parabéns!

Gabi disse...

seus trabalhos são lindos parabens...

Josue disse...

Gostei! Me parece a inevitável queda do que é suportado pela bolha (financeira?).

Tá a venda?